17/11/2018

Do USAID ao SOFA, passando pelos Corpos da Paz e a rede YALI

"O governo norte-americano é um dominador indireto excelente e habilidoso. Para fazer prevalecer os seus interesses energéticos, políticos e estratégicos Washington usa não só as manifestações do imperialismo clássico, como também implanta uma maquinaria diversificada, que vai desde a influência econômica até à presença militar e de segurança, através dos múltiplos discursos dos lugares-comuns universalistas: a preservação de paisagens e da biodiversidade, o desenvolvimento sustentável, a democracia, a boa governação e a promoção dos direitos humanos." - Pedro Baños, Asi se domina el Mundo, 2017. 

[Imagem apanhada na net]