15/03/2018

E a luta continua

Brasil viveu uma ditadura sangrenta entre 1964 e 1985. Primeiro com o Golpe e agora com a ocupação militar do Rio de Janeiro, a nova ditadura vai-se instalando e o assassinato de Marriele Franco, ativista negra e feminista com uma tese de mestrado sobre as UPP's, é apenas mais um episódio disso mesmo... e a luta continua.