05/02/2018

Praia e a população infanto-juvenil desaparecida


O estudo que suportou o Plano Nacional de Combate à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, realizado em 2014, apontou para a existência de vários casos de desaparecimento de crianças e adolescentes em Cabo Verde, que as autoridades policiais alegavam se tratar, na maioria das vezes, de fugas provisórias das mesmas e de falhas na comunicação entre familiares e vizinhos. Contudo, verificou-se no estudo que muitos casos destes desaparecimentos nunca foram resolvidos. A falta de sistematização das informações policiais não permitiu, na altura, quantificar estes casos, de modo a possibilitar uma análise mais exaustiva desta dimensão do estudo. 

[Imagem sacada na net]