13/07/2017

Da série "balcanização e pilhagem de África"

Numa época em que o pan-africanismo institucionalizado volta a querer mostrar a sua garra, torna-se forçoso recuperar a afirmação de Axelle Kabou: "Sabemos que a ajuda ao desenvolvimento, que substitui as reparações de crimes coloniais, poderia ter sido outra coisa que não um 'programa de irmãs de caridade', para retomar a expressão de Fanon, se os fundadores da Organização da Unidade Africana tivessem escolhido a verdadeira unidade, em vez de se dedicarem à balcanização da África".