04/10/2016

Da ressaca pós-eleitoral

Que fique saliente que o MPD venceu de forma como venceu as três batalhas em que se meteu este ano porque as pessoas assim quiseram e porque já estavam fartos do país ilusão de Zemas e companhia. Isto de falar que entramos numa nova ditadura ou num regime de partico único não passa de uma conversa da treta e típico de uma sociedade incapaz de se organizar fora da influência dos partidos políticos quer para fazer valer as suas reinvidicações ou os seus descontentamentos. Ir às urnas apenas de 4/5 a 4/5 anos não chega. Falar de uma suposta ilegitimidade da eleição de Zona é o mesmo que falar de uma suposta ilegitimidade dos outros candidatos, inclusive do tal Reitor da Universidade que atribuiu o Doutor Honoris Causa a Adriano Moreira, no dia internacional dos direitos humanos. Indo ao essencial, o que realmente deveria interessar aos analistas de prontidão não é a abstenção em si, que é um problema mundial, mas a forma ordinária como alguns dos nossos políticos têm reagido à coisa, à la deitar o lixo debaixo do tapete, num típico exercício de desviar do fundamental. 

[Imagem by Banksy]