22/06/2015

"Os acordos de pesca estão a matar o nosso mar"... parte II

O que pouco se sabe é que a tripulação de uma parte dos barcos europeus que têm feito pirataria nos mares de Cabo Verde, legitimados pelo governo que morre de amor pela terra (e pelo seus bolsos), é na sua maioria imigrantes cabo-verdianos a trabalhar no sector marítimo em Espanha. Contudo, convém não se esquecer da pirataria chinesa e japonesa.

Uma parte das consequências desta política de extração está retratada no Sandgrains.